Tecnologia: Google lança concurso de R$ 4 milhões para ONGs brasileiras

13 de fevereiro de 2014 por Ação Sistemas

O Google lançou, nesta segunda-feira (10), o concurso Desafio de Impacto Social Brasil, que premiará com R$ 1 milhão quatro projetos de organizações brasileiras sem fins lucrativos e não governamentais que atuem na área de empreendedorismo social.

“Nosso compromisso é com projetos que gerem impacto social. É a combinação do terceiro setor com a criatividade e a capacidade de empreender com tecnologia para o bem”, explica o diretor-geral do Google Brasil, Fábio Coelho.

O Brasil foi o terceiro país no mundo a receber o projeto do buscador, depois da Inglaterra e Índia, que teve recorde de inscrições e votação: foram mil participantes e mais de um milhão de votos. A expectativa do Google é que o Brasil bata o recorde indiano. “Queremos mostrar o poder das ONGs brasileiras e da tecnologia para melhorar a sociedade civil”, diz Coelho.

Foto: Divulgação / Google

Foto: Divulgação / Google

O projeto inscrito pela ONG pode ser uma ideia inédita ou já existente, contando que use tecnologia de qualquer tipo, da mais simples à mais sofisticada, para combater problemas sociais de todas as áreas. Na Índia, por exemplo, um dos vencedores foi o Social Awareness Newer Alternatives (Sana) que utiliza a tecnologia para purificar a água de vilarejos rurais, tornando-a potável. Já na Inglaterra, uma ideia vencedora foi a Solar Aid que leva energia solar à comunidades sem acesso à energia elétrica na África.

“Acreditamos que a tecnologia pode mudar o mundo. Buscamos ONGs que queiram solucionar problemas sociais por meio da tecnologia, com ideia inovadora, de impacto e que as organizações possam operar futuramente”, conta a gerente de marketing Flávia Simon.

O Google recrutará mais de 600 funcionários da empresa para o projeto, que selecionarão dez finalistas para se apresentarem ao time de juízes composto pela diretora do Google.org Jacqueline Fuller, o apresentador Luciano Huck, a empreendedora social Viviane Senna, o empresário Josué Gomes e o músico e ativista MV Bill.

Os jurados escolherão três projetos vencedores e o quarto campeão será eleito por votação popular. Cada um deles receberá o Global Impact Award (Prêmio de Impacto Social Global) no valor de R$ 1 milhão. Além do prêmio, que a ONG terá até três anos para aplicar, a organização terá seu nome vinculado ao Google, que acompanhará o processo de realização do projeto.

“Não temos que direcionar a responsabilidade de dirigir o país só ao governo”, afirma a presidente do Instituto Ayrton Senna, Viviane Senna. “No Brasil, temos a noção de que tudo que é público é do governo, mas a questão social é pública, é de todos nós: governo, empresários e sociedade”, diz.

Segundo Coelho, um dos motivos de o Brasil ter sido escolhido é por ser um dos grandes mercados do Google em utilização de serviço. “Existem países que observamos dentro do Google: Brasil, Rússia, Indonésia, Índia e México. Eles têm um crescimento muito rápido, não só de negócio mas da oportunidade da transformação digital”, conta.

Para participar, a organização sem fins lucrativos e não governamental deve estar legalmente constituída e não apoiar iniciativas de caráter discriminatório, além de ter um projeto ou ideia que envolva tecnologia para fins sociais, mesmo não sendo tecnologias do Google.

As inscrições começam hoje e vão até o dia 13 de março pelo site e no dia 29 do mesmo mês serão anunciados os dez finalistas. Os grandes vencedores serão conhecidos no dia 8 de maio.

Fonte: Folha de São Paulo


Nenhum Comentário

No comments yet.

Leave a comment

InformAo

Notícias, abordagens de temas voltados aos setores de Recursos Humanos e TI, agenda, novidades e muito mais no InformAção, o blog da Ação Sistemas.

Veja também:

© 2011 Ação Sistemas de Informática Ltda. uma empresa do Grupo Ação. Afirma.cc