Auditoria Interna da Qualidade

5 de setembro de 2012 por Ação Sistemas

O auditor de qualidade da Ação Sistemas, Vanius Toniazzo fala sobre os principais objetivos da realização de auditoria da qualidade e o que ela permite identificar no processo de melhoria constante dentro da organização.

 

Vanius Toniazzo iniciou as atividades na área de Informática, em 1969, como programador. Depois de alguns anos passou a desenvolver  atividades de analista de sistemas em instituições Financeiras.  Foi sócio e diretor técnico da Senha Metodologia e Sistemas de Informações Ltda., no desenvolvimento de sistemas para as áreas administrativa e financeira. Criou a empresa Casa do Software Ltda., participando de vários projetos em parcerias com outras empresas de desenvolvimento. Hoje atua na área de qualidade na  Ação Sistemas de Informática LTDA.

 

InformAção: Qual é o papel da auditoria interna na Gestão da Qualidade?

Vanius: Garantir junto à Organização os níveis de Qualidade pré-definidos, verificando periodicamente, através das Auditorias, o cumprimento dos procedimentos dentro dos padrões pré-estabelecidos pelo GMP (Grupo de Melhoria dos Processos).

InformAção: Como se dá nas organizações o processo de implantação de auditoria de qualidade?

Vanius: Para uma implantação “sem traumas” é necessário esclarecer a todos os funcionários que o objetivo é a Prevenção e NÃO a Detecção de “erros” (NCs). Também é de fundamental importância o envolvimento e o comprometimento da Alta Administração e a participação dos colaboradores.  De que forma? Criando um Grupo de Melhoria de Processos (GMP). Todos devem entender como funcionam os processos e para que servem, gerando assim um comprometimento por todos os participantes (auditores e auditados).

InformAção: Existe um plano com cronograma que estabelece a freqüência e responsabilidade pela execução das atividades ou etapas da auditoria?

Vanius: Sim, para cada área auditada existe uma freqüência e um ou mais responsáveis pelo processo/documento.Nas datas estabelecidas pelo cronograma o auditor de Qualidade deve avaliar o processo/documento, conforme determina o Checklist. Ocorrendo Não Conformidades (NC) estas deverão ser reportadas aos responsáveis e re-submetidas as correções necessárias até uma determinada Data Limite. Não sendo corrigidas as NCs até a data estabelecida, serão reportadas novamente aos responsáveis e/ou seus superiores para, individualmente ou em conjunto, decidirem como corrigir o problema e/ou reavaliar o Checklist.

InformAção: Quais são os principais objetivos da realização de auditoria da qualidade e o que ela permite identificar no processo de melhoria constante, do principal produto da Ação Sistemas, o UNIVERSALRH?

Vanius: Os principais objetivos da realização das auditorias de Qualidade são de garantir que o MQA (Modelo de Qualidade da Ação Sistemas) seja atendido. Assim definidos os Objetivos do MQA:

1.Aumentar a previsibilidade no resultado dos projetos;

2.Manter a estabilidade dos componentes e do processo de desenvolvimento;

3.Assegurar a melhoria contínua do produto, dedicando maior tempo aos projetos de implementação.

A busca das metas deve ser constante e de crescente aprimoramento. A maturação destes processos com o estudo, os ensaios e as constantes avaliações de cada informação, leva a uma diminuição dos limites (range) originalmente definidos, gerando assim, uma melhoria contínua.

InformAção: Em 2010 a Ação Sistemas atingiu oficialmente o nível 3 de maturidade do CMMI*, avaliado pelo SEI/CMU (Software Engineering Institute – Carnegie Mellon University). Com a oficialização da conquista deste novo patamar, a empresa iniciou a busca da classificação máxima, o nível 5 de maturidade. Como isso reflete dentro da empresa, principalmente em relação à equipe envolvida direta ou indiretamente na gestão da qualidade?

Vanius: A Certificação de Qualidade oficializada por uma instituição reconhecida mundialmente SEI/CMU (Software Engineering Institute – Carnegie Mellon University) aumenta sobremaneira a motivação dentro da empresa. É bastante interessante como reflete de forma altamente positiva a conquista de cada nível, motivando a equipe na busca de um novo nível. Por um princípio lógico, quanto maior o nível de qualidade dos “produtos” de uma Organização, melhor “deve” ser sua equipe.

——
CMMI*- CMMI (Capability Maturity Model Integration) é um modelo de melhoria de processos de desenvolvimento de software em uma organização.


Nenhum Comentário

No comments yet.

Leave a comment

InformAo

Notícias, abordagens de temas voltados aos setores de Recursos Humanos e TI, agenda, novidades e muito mais no InformAção, o blog da Ação Sistemas.

Veja também:

© 2011 Ação Sistemas de Informática Ltda. uma empresa do Grupo Ação. Afirma.cc